terça-feira, 26 de junho de 2007

O Que é Design?

Hoje em dia podemos encontrar a palavra Design em qualquer esquina que cruzamos, ela está tanto no salão de beleza dos auto-intitulados Hair designers quanto nos grandes escritórios de design. O fato é que esta palavra com o tempo passou a agregar valor ao produto que carrega o termos design no seu nome. O problema é que nem sempre um produto que “contenha” design realmente tenha design, mas então como distinguir se um produto possui design ou não? Afinal, o que é design?

O termo design refere-se à concepção de uma solução prévia para um problema. Mas em uma acepção mais específica, design se refere à profissão da pessoa que projeta. Como tal, tem diversas especializações, de acordo com o tipo de coisa a projetar.

Design é, portanto, um esforço criativo através do qual se projetam todo tipo de coisas, incluindo utensílios, vestimentas, peças gráficas, livros, máquinas, ambientes e (recentemente) também interfaces de programas.

As especializações mais comuns são o design de produto, design gráfico e o design de moda. O design está intimamente ligado às artes aplicadas, à arquitetura, e à engenharia, mas a concorrência profissional muitas vezes leva à animosidade entre essas áreas.

Segundo o teórico de design, Gui Bonsiepe, design consiste no "domínio no qual se estrutura a interação entre usuário e produto, para facilitar ações efetivas". Para o autor, todo design é design de interfaces, no sentido em que o designer não vai projetar a forma de funcionamento do produto (tarefa da engenharia, programação, entre outras áreas de desenvolvimento), mas a interação do produto com o usuário.

Em inglês, a palavra design pode ser usada tanto como um substantivo quanto como um verbo. O verbo refere-se a um processo de dar origem e então desenvolver um projeto de algo, que pode requerer muitas horas de trabalho intelectual, modelagem, ajustes iterativos e mesmo processos de re-design. O substantivo se aplica tanto ao produto finalizado da ação (ou seja, o produto de design em si), ou o resultado de se seguir o plano de ação, assim como também ao projeto de uma forma geral.

O termo inglês é bastante abrangente, mas quando os profissionais o absorveram para o português, queriam designar somente a prática profissional do design. Era preciso, então, diferenciar design de drawing (ou seja, o projeto diferente do desenho), enfatizando que a profissão envolvia mais do que a mera representação das coisas projetadas.

No Brasil, com a implementação do primeiro curso superior de design, por volta da década de 50, adotou-se a expressão "desenho industrial", pois à época era proibido o uso de palavras estrangeiras para designar cursos em universidades nacionais. A disputa sobre uma nomenclatura para a profissão se estendeu por décadas. Atualmente tanto a legislação do MEC para cursos superiores quanto várias associações profissionais usam o termo inglês.

O já citado Vilanova Artigas tentou resolver a questão propondo a palavra desígnio como sendo a tradução correta de design, pois dessa forma, este apresentaria diferenças do simples "desenho". Apesar de ser desenho, o design possuiria algo mais: uma intenção (ou desígnio). Entretanto, apesar das pesquisas realizadas pelo arquiteto, sua proposta não foi adotada. Porém, Artigas considera legítimo também o uso da palavra "desenho" como tradução de design, devido ao seu contexto histórico: Artigas explora os significados da palavra desenho e vai até o Renascimento, quando o desenho possuía um conteúdo mais abrangente que o mero ato de rabiscar.

Outra proposta de nomenclatura era o neologismo projética, proposto por Houaiss, que também não foi adotada.

Na filosofia o substantivo abstrato design refere-se a objetividade, propósito, ou teleologia. O conceito é bastante moderno, e se interpõe entre idéias clássicas de sujeito e objeto. O design é então oposto a criação arbitrária, sem objetivo ou de baixa complexidade.

Como podemos ver, não é fácil achar um significado exato para o termo design, pois existem diversos fatores que podem modificar o seu significado. Tomando como conceito de design o estipulado por Bonsiepe, pretendo fazer neste blog análises de diversos trabalhos de design gráfico, sejam eles bem feitos ou não.

6 comentários:

Natania Nogueira disse...

Parabéns pelo blog, Waltão!
Visite o meu: www.gibitecacom.bogspot.com

Anônimo disse...

Nice brief and this mail helped me alot in my college assignement. Thanks you seeking your information.

Anônimo disse...

Thanks :)
--
http://www.miriadafilms.ru/ приобрести кино
для сайта walterstodieck.blogspot.com

Anônimo disse...

é bom citar as referencias

Alessandra Cristina Cristina disse...

Enviei uma msg sobre minha empresa de cesta cafe, buque. Meu email e lecacristins02@gmail.com

Alessandra Cristina Cristina disse...

Enviei uma msg sobre minha empresa de cesta cafe, buque. Meu email e lecacristins02@gmail.com